O que jogar em cada fim de semana até o final do ano? | Sem Tilt

O que jogar em cada fim de semana até o final do ano?


ListaIndies2016

O final do ano está chegando, e essa é a pior época do ano para os gamers. Sim, a pior de longe. Não interessa que vários jogos são anunciados e as promoções de inverno da Steam estão chegando, porque todos sabemos que nós não tivemos tempo de jogar nem metade do que gostaríamos durante esse ano. A maioria de nós está só babando em tudo que passou e tudo que será lançado e pensando “mas quando é que vou ter tempo de jogar isso?” Talvez quando o semestre do colégio ou da faculdade acabar, ou quando os intermináveis projetos no trabalho pararem de chegar.

Pensando em todos nós, gamers que estão imersos nessa loucura de fim de ano, fiz uma lista compreensiva de jogos indies curtos (ou talvez nem tanto) para jogar em cada fim de semana até 2016 acabar. Cada fim de semana é único e e estaremos em um estado de espírito diferente, de super preocupados e ocupados no final de novembro para um gigantesco “vou dormir até as 14h amanhã” no meio de dezembro. Cada final de semana tem o indie que merece.

Para ninguém reclamar, o guia também conta com alternativas de jogos gratuitos pra substituir as recomendações pagas, então literalmente não tem desculpa pra evitar os jogos nesse fim de ano. Pegue seu calendário e comece a anotar os nomes nos espaços em branco.

Para qualquer hora – Viridi

Plantas de verdade podem dar trabalho, e se você mora em apartamento é ainda mais difícil ter um monte delas. Em Viridi, você consegue ter seu próprio jardim zen com um vasinho de plantas que você pode modelar como quiser. No início do jogo você ganha algumas sementes de brinde, mas pode comprar algumas outras para decorar melhor seus vasos. Você vai ter que cuidar diariamente das suas plantas, e se gostar pode tornar aquele um ótimo porto seguro para acalmar nas semanas mais complicadas. Ah, e o jogo é gratuito!

20 a 22 de novembro – Broforce/Right Click to Necromance

As provas finais estão chegando na faculdade, e aqueles prazos de projetos ou trabalhos finais que você tem que entregar pro seu chefe no trabalho também. Você chora quando lembra que ainda falta pouco mais de um mês pra que chegue a época das festas e você consiga jogar sem lembrar que tem que acordar cedo amanhã. Ao mesmo tempo, como você é super esforçado e sabe que é hora de dar aquele gás final, você precisa de algo pra te motivar e te dar energia além da sua fiel jarra de café. Broforce é a pedida. Saia atirando e matando tudo na sua frente com os personagens mais significativos do cinema norte-americano em pixel art. Alternativa Gratuita: Rápido porém divertido, Right Click to Necromance também é bom para agitar um pouco a vida.

27 a 29 de novembro – Rememoried/Upsolom

O caos está instaurado. Algumas prazos já passaram e você conseguiu (ou não) entregar tudo em dia, mas ainda tem mais por vir. Comer seu material da faculdade ou do trabalho e botar a culpa no cachorro começa a parecer uma desculpa plausível para evitar o futuro, mesmo você sabendo que não tem jeito. O que você precisa é relaxar e desligar sua cabeça do mundo um pouco. Um jogo de exploração em primeira pessoa para viajar como Rememoried é altamente recomendado, e tem pouco mais de 2 horas de gameplay. Ah, e não se esqueça de olhar seu jardim em Viridi! Alternativa gratuita: Upsolom vai te deixar relaxando dentro de um mecha enquanto explora um mundo completamente abandonado, e dura pouco mais de uma hora. Nada mais calmo do que o silêncio total.

4 a 6 de dezembro – The Binding of Isaac: Afterbirth/Relic Hunters Zero

Você está quase estourando a champagne porque entregou quase tudo que tinha que entregar. O caminho foi longo até aqui e você merece uma recompensa mesmo que ainda tenha uma recuperação pra fazer na faculdade ou trabalhos de última hora chegando no trampo. O ritmo de tudo diminui, então o ritmo das jogatinas naturalmente aumenta. Torre seus neurônios de vez com o DLC Afterbirth de The Binding of Isaac para matar as saudades de jogar por dezenas de horas em um único fim de semana. Alterenativa Gratuita: Relic Hunters Zero também é intenso e pode te deixar bem entretido se você gosta de modificar jogos.

11 a 13 de dezembro – Jotun/Roguelight

Você sobreviveu (ou não) ao fim de novembro e início de dezembro, bravo guerreiro. O que foi feito ou deixou de ser feito ficou pra trás, e o que vem a frente é o Valhalla das férias. Você sente que poderia desafiar todos os deuses de qualquer mitologia sem medo, então não há razão para não começar com os deuses nórdicos em Jotun, que é a pedida desse fim de semana. Alternativa gratuita: Bravos guerreiros não têm medo de escuro e entrariam nos calabouços mais escuros se tivessem que cumprir uma tarefa. Roguelight é uma alternativa se você não quer tirar seu dinheiro do bolso.

18 a 20 de dezembro – Keep Talking and Nobody Explodes/Regular Human Basketball

As festas de família de fim de ano estão chegando e você quer um último momento pra aproveitar com os amigos e amigas antes de ser sugado pelo vórtice da última semana do ano. É hora de juntar uma galera na sala ou no quarto pra jogar aquele party game engraçado de 17 jogadores simultâneos, como Keep Talking and Nobody Explodes. Nada melhor do que desarmar uma bomba em pouco minutos com os amigos te berrando instruções. Alternativa gratuita: Regular Human Basketball vai fazer seus amigos gritarem no seu ouvido e vice-versa depois de cada cesta.

25 a 27 de dezembro – A Good Snowman is Hard to Build

Não minta para você mesmo. Você sabe que o Natal não te impede de jogar videogames e nós também sabemos disso, nem que você pegue alguns minutinhos da reunião de família pra entrar no jogo dos Simpsons no seu celular. Você pode jogar o nataliníssimo A Good Snowman is Hard to Build para se ocupar depois da ceia. Alternativa Gratuita: Snowball envolve ser a própria neve e rolar como uma bola montanha abaixo. Tem algo mais natalino do que isso? Tem, mas é o anterior e é pago.

Agora chega de desculpas. Vá clicando nos links e planeje já sua agenda de jogatina. Se faltou algum game na lista, use a seção de comentários abaixo para dar sua opinião!

Compartilhe!

Bhernardo Viana

Amante do pão de queijo e do cafézim, começou a brincar no meio dos indies e não parou mais. Um grande fã de puzzles e de jogos alternativos, experimentais e malucos. É o Editor-Chefe do Sem Tilt e ex-redator no site e na revista da Indie Game Magazine.