5 melhores chefões dos videogames | Sem Tilt

5 melhores chefões dos videogames


smw

 

Existem várias razões para se jogar videogames: eles são divertidos, eles requerem pouca interação com outros humanos e eles proporcionam batalhas épicas contra inimigos incríveis. Os chefões são uma marca clássica da história dos videogames e os momentos de expectativa para detonar o cara que vem causando toda a confusão podem mudar a história de um jogo ou de uma franquia.

Pensando em nosso amor (e ódio) por chefões em videogames, decidi elencar aqui as 5 melhores batalhas contra chefes na história dos videogames. Mas antes de começar, aqui vão algumas regras: 1- Não estou falando de melhores vilões por suas características, e sim sobre as melhores batalhas. Mesmo que o vilão tenha a personalidade de um pepino do mar, se a batalha com ele foi incrível, ele estará na lista. 2 – Uma batalha por franquia. 3 – Os games abaixo não estão em nenhuma ordem, apenas são os 5 melhores. 4 – Nunca corram com tesouras pontiagudas. (não tem a ver com videogame, mas é sempre bom lembrar.).

Bowser – Super Mario World

Vamos falar logo do vilão mais famoso dos videogames. Uma tartaruga gigante com um fetiche por princesas e que não desiste nunca, mesmo após ser derrotado de todos os jeitos possíveis. Existem tantas batalhas marcantes contra Bowser que eu pensei que até seria difícil escolher apenas uma para esta lista, porém cada vez que eu pensava no assunto, um embate específico sempre pipocava em minha cabeça: a batalha final de Super Mario World.

Considerado por muitos como um dos melhores games já feitos, este jogo já deixou muito dono de Super Nintendo pálido e sem amigos. Foram horas e horas de gameplay em uma época que não era tão fácil conseguir informações e detonados sobre um jogo. Hoje em dia a desenvolvedora acaba de lançar um teaser e já temos dez asiáticos que zeraram o jogo três vezes. Nesta época era diferente e muita gente teve que suar muito para alcançar a luta final com Bowser. Como não poderia ser diferente, o embate manteve o nível e se tornou uma das melhores batalhas da história dos games.

A briga em si é bem simples, atinja o Bowser e não seja atingido. Apesar disso, a música com um tom mais sombrio e o fundo escuro mostraram que aquele era o momento da verdade. Sem falar do carro(?) com um sorriso maligno que o Bowser está montado, os trovões e a chuva de chamas. Tudo muito estranho se você pensar, mas ainda sim, extremamente épico e memorável. O encanador já passou por muita coisa, mas esta batalha com certeza faz qualquer gamer arrepiar e lembrar dos momentos incríveis da primeira jogatina.

“E é por isso, crianças, que você não deve usar drogas e fazer um videogame…”

 

Hydras – God of War

O primeiro game que joguei após comprar meu Playstation 2 foi God of War. Não existe sensação igual à de ligar seu novo videogame pela primeira e ter um gostinho de todas as aventuras que ainda te esperam. Assim que comecei a jogar GoW fiquei impressionado com o gráfico e a jogabilidade, mas foi apenas ao encontrar o primeiro chefão da saga que meu queixo caiu de fato.

Ver um inimigo daquela proporção, 10 vezes maior que o Kratos pode ser assustador. Quem jogou a saga completa do Spartano sabe que o tamanho dos inimigos só aumentou a partir deste momento, mas o primeiro encontro ainda é aquele que mais marcou minha vida como um gamer. Foi neste momento que eu pensei: “Cara, isso é o futuro dos videogames! Vou morrer virgem!”.

Além de ser uma batalha de escala gigantesca, ela dá o tom do que seria toda a saga: batalhas inacreditáveis com chefões incríveis, muita violência e elementos de puzzle. Os criadores de Kratos continuaram a nos surpreender a cada novo embate, mas é a Hydra que ainda se mantém como a melhor de todas simplesmente por ser o início perfeito para uma franquia imperdível.

“Hail Hydra”

 

5° Colosso – Shadow of the Colossus

Quando alguém me pergunta se videogame pode ser considerado arte eu o apresento para Shadow of the Colossus. O jogo é uma das experiências mais incríveis que já vivi em um videogame e ele é constituído de 16 batalhas contra chefões, sem inimigos chatos no meio. Todos os Colossus no game são únicos e inacreditáveis e qualquer um poderia estar nesta lista, mas o que mais me marcou foi o 5°, também conhecido como “aquele pássaro lá”.

O 5° Colosso, apelidado de Avion, é um pássaro gigante que fica localizado em uma espécie de lago cheio de ruínas. Ele é um dos Colossus mais pacíficos do jogo, só te atacando caso você o atinja primeiro. O fato de ele ser pacífico só contribuiu para me deixar ainda mais triste e com peso na consciência de matar uma criatura tão magnífica e calma. Se existe uma definição para uma batalha épica, ela está presente nesta parte do jogo.

Ao atacar Avion com seu arco e flecha, ele dará um rasante para tentar te atingir e você poderá se agarrar nos pelos de suas asas. Neste momento da luta ele tentará de tudo para te derrubar no ar, incluindo novos rasantes e giros (“do a barrel roll”). É difícil descrever a sensação de estar agarrado na extremidade de uma ave gigante enquanto uma música extremamente climática toca ao fundo, deixando esta batalha ainda mais inacreditável. Se nunca jogou Shadow of the Colossus, jogue! Se nunca enfrentou Avion, enfrente! E vivencie uma batalha de tirar o fôlego.

“Acho que eu vi um gatinho…?”

 

Ganon – Ocarina of Time

Ocarina of Time é outro jogo desta lista que faz todo gamer das “antigas” chorar de saudades. É mais um jogo considerado uma obra prima do mundo dos videogames e que conquistou uma legião de fãs. Com Link, você participará de aventuras incríveis, derrotando diversos inimigos, quebrando potes e matando galinhas. Uma aventura deste nível merece um embate final à mesma altura e é exatamente o que acontece.

Ganon é uma forma alternativa de Ganondorf, o vilão do game. Em sua forma final, ele lembra um javali do capiroto e fará de tudo para te matar. Mas não se preocupe, você tem a Master Sword para te ajudar! Ah, espera, no começo da batalha ele joga sua espada fora de seu alcance e você terá que se virar com seus outros itens. Esta batalha é épica, pois te obriga a sair de sua zona de conforto e dar um jeito de acabar com o malvadão. Assim que você conseguir atingi-lo o suficiente, você poderá pegar sua espada de novo e terá a chance de acabar com o vilão de uma vez por todas, enfiando a espada em sua cabeça, jorrando sangue para todos os lados. Realmente um final lindo para um jogo feito para crianças.

“Crianças, aprendam o ABC! A de Assassinato, B de…”

 

The End – Metal Gear Solid 3

A franquia Metal Gear já apresentou inúmeros chefões memoráveis. Poderia muito bem falar de Psycho Mantis do MGS, que lê sua “mente” a partir do seu Memory Card e diz que games você andou jogando, e que para combatê-lo você precisa trocar o controle do Port 1 para o 2, para que ele não preveja seus movimentos. Psycho é, com certeza, um dos grandes chefões dos games, mas ao se falar do melhor chefão da saga, só existe um nome:

The End! O chefão é um velhinho sniper que faz fotossíntese e se comunica com a natureza. Ainda não te convenci? A batalha com ele requer muita paciência e pode durar horas enquanto vocês se enfrentam na mata por três áreas distintas. Diferentemente de outros chefes normais, você passa a maior parte da batalha sem realmente vê-lo, apenas levando tiros de snipers, se não for cuidadoso. A batalha é tensa e requer que você use todos seus equipamentos da melhor forma para dar um jeito de surpreender o velhinho. Pode parecer monótona lendo aqui, mas esta batalha é até hoje uma das experiências mais épicas que já presenciei em um videogame.

Além de tudo, existem várias maneiras diferentes de vencer. A primeira vez que joguei este chefão, por exemplo, eu tive muitas dificuldades para derrotá-lo e acabei parando de jogar por um tempo. Quando finalmente liguei o videogame de novo ele já estava morto. Isso mesmo, eu venci o chefão por que ele morreu de velhice. Eu literalmente era tão ruim que o chefão morreu de tédio. Mesmo assim, tive que começar de novo e matá-lo do modo convencional. E não me arrependo nem um pouco…

“Prefiro morrer do que lutar com esse Noob”

Você concorda com a nossa lista? Algum outro chefão deveria estar aqui? Diga nos comentários, mas tente não discordar muito, pois o autor é sensível, obrigado!

 

Compartilhe!

Pedro Calçada

No Pain, No Game

2 comments

Comente!

Novo comentário