5 jogos para perder amizades

5 jogos para perder amizades


WII_SPORTS_SCREENSHOT_2

A amizade é uma coisa linda. Se conectar com outra pessoa, rir com ela, entender suas dores e compartilhar suas alegrias, isso é algo sem preço. Mas há uma coisa é capaz de botar em cheque a mais forte das amizades, algo que é capaz de balançar as fundações de qualquer relação humana: o videogame. Quando dois amigos competem num game, eles deixam de lado os bons momentos que passaram juntos na infância e os substituem por uma vontade incessável de vencer. A seguir, alguns jogos que são realmente competitivos e podem transformar a sua sala de estar num coliseu moderno. Se a sua amizade consegue sobreviver a estes games, então ela sobreviverá a tudo.

FIFA

Quem joga Fifa adora apontar as diversas melhorias que são feitas a cada edição. Jogadores mais realistas, movimentos mais fluidos, times atualizados, bla bla bla… todo mundo sabe que essas coisas são só detalhes. Quem joga Fifa tem um único propósito: zoar seus amigos. Seja por uma goleada, seja por uma virada no último instante, o importante é não deixar o perdedor esquecer que perdeu. Nunca. É como no futebol real (uma coisa que se pratica fora de casa, sem um controle na mão. Estranho, né?). Se o seu time perde, pode ter certeza que  seus amigos não vão parar de te zoar por um bom tempo (e quantas amizades já foram perdidas assim?). Mas se você perdeu uma partida no Fifa jogando com seu próprio time, bem… isso abre inúmeras possibilidades para que todos te ridicularizem. Apenas ignore, levante a cabeça e tente de novo. Quando vencer, revide. Isso vai equilibrar as coisas nessa estranha amizade que você tem.

O carrinho, a resposta clássica de quem está perdendo.

Wii Sports

Wii Sports é um jogo extremamente simples, mas que já causou muita dor. O game vinha de graça com toda unidade de Nintendo Wii vendida, então é possível que esse seja o game que causou o maior volume de ofensas trocadas. Boxe, golfe, boliche, baseball e tênis estão no pacote, cinco jogos que parecem feitos para semear o ódio na humanidade. Um ponto bom é que o controle do Wii pode se transformar facilmente em uma arma branca. Um ponto ruim é que os controles nem sempre funcionam tão bem, o que só aumenta a sua raiva quando você está perdendo no boxe ou baseball. E o fato de que você joga com o seu Mii, uma representação de você mesmo, torna a derrota ainda mais humilhante. Mas o mais interessante de Wii Sports é que ele é um game totalmente acessível, de modo que a sua tia, mãe, avó e cachorro possam jogar. Sim, isso mesmo, é possível odiar até mesmo a sua família com esse game! Mas vamos ser honestos, você nunca gostou muito daquela sua tia-avó, e ela ter te derrotado no boliche só deixou isso mais claro.

Apenas imagine que seus amigos são os pinos…

Nazi Zombies (Call Of Duty)

O multiplayer clássico de COD é um grande destruidor de amizades por si só, mas o modo Nazi Zombies faz isso de outra maneira. Quem joga Nazi Zombies sabe bem que é preciso coordenar as ações de todos no time de maneira extremamente precisa, e que isso é a diferença entre a vida e a morte. Mas quem joga esse modo também sabe que isso é impossível e que todos os seus amigos são uns babacas egoístas. Um bom exemplo disso é quando todos querem usar a caixa que te dá uma arma aleatória ao mesmo tempo. O bom senso diz que aqueles com as armas piores devem tentar primeiro, já que a sobrevivência do time depende disso. Mas nunca funciona bem assim, e os mais fracos sempre são deixados pra trás. E quando algum incompetente resolve morrer em um lugar totalmente inacessível e rodeado de zumbis nazistas, tornando o seu resgate uma sentença de morte para todos do time? É difícil manter relações com esse tipo de pessoa.

Até zumbis nazistas são mais legais que os seus amigos!

Street Fighter

Não poderia faltar um jogo de luta nessa lista. Qualquer game com boas porradas serviria, mas Street Fighter é, provavelmente, o game que mais causou desavenças ao longo da história. Uma casual partida desse clássico pode se transformar em uma briga de verdade. Quanto menor a barra de vida fica, maior a tensão e mais altos os xingamentos. A competitividade por si só já é capaz de destroçar amizades, mas jogos de luta tem um problema ainda maior: a possibilidade de apelar. Não é muito difícil encontrar um apelão. Há babacas em cada esquina, e apelões de Street Fighter na mesma proporção. Estes são uma raça especial de babacas, capazes de te fazer perder sem que você possa ao menos tocá-los, utilizando-se de hadoukens incessantes, ou apenas os ataques mais simples do Dhalsim. Se você tem amigos assim, precisa encontrar novos amigos urgentemente.

As pessoas que escolhem o Dhalsim são as mesmas que furam a fila do banco e estacionam na vaga de deficientes.

Mario Party

É óbvio que Mario Party estaria em primeiro lugar nessa lista. Você já esperava isso porque provavelmente perdeu alguns amigos de infância depois de uma partida. Esse game parece amigável a princípio. Um jogo de tabuleiro virtual, com a fofa turma do Mario? O que pode dar errado? Bom, muita coisa.

Vamos começar pelo motivo mais óbvio, o principal destruidor de amizades dentro de Mario Party: a possibilidade de roubar estrelas. Pra quem não sabe, é preciso ter estrelas pra ganhar uma partida de Mario Party, mas elas não são tão fáceis de conseguir. É preciso suar a camisa pra conseguir uma única estrela na raça, mas não é tão difícil pagar algumas moedas para roubá-las. E o pior é que você não pode fazer nada, se alguem resolver roubar uma estrela sua, pode sentar e chorar. Ter uma estrela roubada é como ver o seu melhor amigo ir até a sua casa e roubar a coisa mais preciosa que você tem (que é o seu videogame, nós sabemos) bem na sua frente, sem que você possa fazer nada.

Mas ainda pior do que ter a sua estrela roubada é ter que cooperar com o ladrão em questão em um minigame. Isso sempre acontece, logo depois que alguem rouba sua única estrela e te joga para o último lugar, o game te agracia com um mini game cooperativo, e obviamente sua dupla é o seu amigo traidor. Mesmo quando isso não acontece, os minigames cooperativos ainda são grandes destruidores de amizades. Você pode xingar o seu amigo que jogou mal, ou só olhá-lo com desdém. A ferida na amizade de vocês já foi feita, e as feridas de Mario Party duram para sempre.

Hora de acertar as contas… de um jeito bem… peculiar…

Veja também: 5 piores coisas nos videogames


É claro que isso tudo é brincadeira, e se você descarta seus amigos por causa de videogame, você não vai ter muitos amigos no futuro. Mas sabemos que você já sentiu um ódiozinho de algum amigo por causa de algum game. Conte pra gente nos comentários qual foi!

Compartilhe!

Caio Mendes

Let's get high and play some videogames, man

2 comments

Comente!

Novo comentário